Compliance: tudo que você precisa saber

Vamos falar um pouco sobre Compliance. Esta palavra de origem inglesa, que cada vez mais é usada e praticada pelas empresas brasileiras, tem origem no verbo inglês to comply, que significa satisfazer, cumprir, atender. Podemos entender, também, como Conformidade. O que se busca com essa palavrinha, é simplesmente um padrão, que crie segurança ao seu negócio, seja ele qual for. 

A intenção é criar ações que garantam relações transparentes, éticas e padronizadas entre empresas, e em especial, junto aos Entes Públicos. Estas ações, que serão abordadas abaixo, quando aplicadas em conjunto criam uma cultura organizacional nas empresas, e favorecem a credibilidade junto ao mercado e seus “players”.  

E como implementar o Compliance na sua Empresa? 

Compliance está diretamente ligada à Gestão do seu negócio. É imprescindível que o empresário implemente estratégias que garantam transparência às ações de sua empresa, ajustando a forma como as informações da empresa são tratadas, bem como a maneira com que o capital humano se comporta no dia a dia, almejando elevar o nível de atuação no seu respectivo setor. A empresa deve criar regras claras e estabelecidas, norteando suas ações. 

Alguns exemplos de ações que a empresa pode adotar, visando criar a Conformidade pretendida com a implementação do Compliance: 

  • Utilizar um Programa de Compliance que pretenda identificar, de maneira preventiva, incorreções em diversos níveis, como violações de Leis, comportamentos indesejados, normas e procedimentos internos. Dentro deste programa, podemos citar algumas ações importantes: 
  • Desenvolver um Código de Conduta específico para sua área de atuação, contendo regras claras sobre a forma desejada de comportamento, para cada membro da empresa; 
  • Neste Código devem constar, também, as condutas indesejadas de seus colaboradores, deixando transparente a todos quais comportamentos e ações não serão permitidos e esperados; 
  • Criar reforços positivos junto aos colaboradores, incentivando a cultura organizacional que premie o bom colaborador, com quadro de carreira que leve em conta o bom desenvolvimento de todo o conjunto de normas padronizadas pelo Compliance, por exemplo; 
  • Desenvolver ações que estimulem a mitigação do risco de violação de Leis, normas e procedimentos; 
  • Disponibilizar canais de denúncia, que possibilitem aos colaboradores reportar, de maneira anônima ou não, situações que fujam de tudo o que a empresa representa e incentiva; 

Compliance vai gerar, para a sua empresa, transparência e um elevado nível de Gestão. Isso é sentido e valorizado pelo mercado, e ao elevar o nível de atuação de sua empresa, a produtividade será maior e com mais qualidade, em todos os nichos de sua esteira de produção. 

É preciso desenvolver uma Programa específico para a realidade de sua empresa, não existe uma receita padrão, que seja aplicável sem ajustes aos diferentes tipos de empresas existentes. O ideal é que você procure profissionais com experiência em organização de empresas, com formação e/ou experiência nesta área. O nosso escritório tem experiência em auxiliar no desenvolvimento de empresas, estamos à disposição para maiores esclarecimentos!

Agende uma consulta com nossos advogados especializados hoje mesmo.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

Precisa de ajuda Jurídica?

Tire suas dúvida sobre:

  • contratos
  • benefício previdenciário
  • direito do consumidor
  • e vários outros temas.
Reproduzir Vídeo Sobre Vídeo Institucional PFJ Advocacia.